11
Ter., Ago.
5 Artigos Novos

Serviços

Produtores Florestais é o nome do novo projeto da The Navigator Company, que pretende apoiar os players da floresta no desenvolvimento de um cluster mais produtivo, assente em padrões de gestão responsável e de sustentabilidade ambiental, social e económica.

O objetivo é informar, apoiar e sensibilizar todo o ecossistema florestal, criando um contexto de partilha de conhecimento.  

O Produtores Florestais é um projecto aberto e que envolve produtores, proprietários florestais e todos os stakeholders relevantes ligados ao poder local, associações, prestadores de serviços e decisores políticos na área da floresta e do território.

A companhia quer estimular a comunicação entre todos os que podem vir a ter uma relação profissional ou de rendimento ligada à floresta, contribuindo para dinamizar o conhecimento e aperfeiçoamento técnicos sobre a silvicultura e as florestas de produção.

O volume de negócios das indústrias florestais ligadas a estes subsetores foi de 10 mil milhões de euros em 2018, o que representou perto de 5% do Produto Interno Bruto (PIB).

Na base desta cadeia, segundo dados mais recentes de 2017, a silvicultura e a exploração florestal representaram um valor total de 1 260 milhões de euros, correspondente a perto de 0,6% do Produto Interno Bruto.

O setor florestal – silvicultura, indústria e comércio de base florestal – mobiliza cerca de 24 mil empresas, representando 2% do total nacional. São cerca de 8 mil empresas na silvicultura, mais de 10 mil na indústria e perto de 6 mil nas atividades de comércio de base florestal, responsáveis por mais de 100 mil empregos diretos.

Biodiversidade

Portugal tem uma variedade de espécies florestais superior a muitos outros países europeus, e a sua extensão ocupa mais de um terço do território nacional (36%).

A diversidade faz com que Portugal seja o quarto país europeu com maior percentagem de floresta protegida, cerca de 22%, seguida da Itália (33%), da Alemanha (29%) e do Liechtenstein (26%).

Cerca de 30% das florestas da Europa são dominadas por uma única espécie florestal, sobretudo coníferas. Os restantes 70% são florestas dominadas por duas ou mais espécies florestais.

Em Portugal, nenhuma espécie ocupa isoladamente um terço do território florestal. Na Finlândia, por exemplo, o pinheiro-silvestre (Pinus sylvestris) ocupa cerca de 67% da área florestal. Na Áustria, o abeto (Picea abies, picea europeia, spruce europeu) é dominante, com cerca de 60% da área.

A promotora

A The Navigator Company é um produtor de floresta, pasta e papel, tissue e energia. A produção de pasta e papel por parte da The Navigator Company é feita através da utilização de florestas que são plantadas exclusivamente para esse efeito.

Nos viveiros da companhia, produzem-se, anualmente, mais de 12 milhões de plantas. Os viveiros, os maiores da Europa, produzem 135 espécies diferentes de árvores e arbustos que, em que grande parte, não tendo viabilidade económica, são financiadas com o objetivo e manter a diversidade e de garantir a continuidade da espécie.