25
Dom., Jul.
4 Artigos Novos

Serviços

A plataforma digital Florestas.pt assinala o primeiro aniversário com a informação de que já recebeu mais de 300 000 visitas e que estabeleceu novas parcerias.



Ao grupo de parceiros juntam-se então a APEF - Associação Portuguesa de Estudantes Florestais, serQ - Centro de Inovação e Competências da Floresta, o CEABN - Centro de Ecologia Aplicada "Prof. Baeta Neves", o CEF - Centro de Estudos Florestais do Instituto Superior de Agronomia de Lisboa e o JBUC – Jardim Botânico da Universidade de Coimbra.

No total, a plataforma conta com 12 parceiros, sendo os sete iniciais: a Agro.ges - Sociedade de Estudos e Projectos, ANP-WWF - Associação Natureza Portugal e World Wide Fund for Nature, o cE3c - Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, o Forestwise - Laboratório Colaborativo para a Gestão Integrada da Floresta e do Fogo, o INIAV - Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, a Revista Silva Lusitana e a SPCF - Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais.

Ao longo do seu primeiro ano de atividade, a plataforma tem crescido e incluído novas áreas temáticas (como por exemplo, “Recursos Naturais”, “Inovação” e “Dimensão Social”), disponibilizando informação sobre o setor florestal e agro-florestal em mais de 120 artigos.

Apresenta, atualmente, novas secções no menu, como a “Academia”, lançada em janeiro de 2021, e que conta, até à data, com uma dezena de seminários em vídeo, conduzidos por especialistas em diferentes áreas do conhecimento florestal, que abordam temas como os caminhos para a gestão florestal sustentável e o valor dos serviços do ecossistema. O website conta, ainda, com a secção “Comentário”, com artigos de opinião de especialistas ligados ao meio florestal.

Sob o mote “conhecer, valorizar e cuidar da floresta portuguesa”, o Florestas.pt reúne uma equipa de especialistas em investigação e engenharia florestal e partilha conhecimento técnico-científico sobre o setor, informação oficial e dados nacionais que, sempre que possível, são enquadrados no contexto europeu e mundial.

Como a informação sobre a floresta se encontra muitas vezes dispersa e fragmentada, além de ser escrita em linguagem técnica e complexa, o objetivo do Florestas.pt, em conjunto com parceiros da academia, instituições e associações do sector, é reunir e “traduzir” esta informação e conhecimento, contribuindo para que mais portugueses conheçam a importância das áreas florestais e agro-florestais em todas as suas dimensões: ambiental, social, cultural e económica.

No website é também possível encontrar Projetos de Investigação e Desenvolvimento (I&D), a decorrer com participação de equipas portuguesas, e bibliografia, na subsecção “Recursos de Conhecimento”. Aqui, os leitores são reencaminhados para livros, revistas científicas, manuais técnicos e outros materiais que permitem aprofundar os temas e verificar a origem das informações disponibilizadas.

A plataforma está presente, de forma ativa, em três redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter. Além destes canais, o projeto está, também, disponível no Youtube, onde se encontram os vídeos formativos da Academia. Além destes canais, e para assinalar o primeiro ano de atividade, o Florestas.pt vai passar a disponibilizar bimestralmente uma newsletter digital com uma seleção de conteúdos e notícias da plataforma, e que pode ser subscrita na homepage do site.