23
Qua., Set.
0 Artigos Novos

Incêndios

O Instituto Superior de Engenharia de Coimbra fez um estudo para identificar as zonas industriais com alto risco de incêndio e impacto em zonas florestais, devido à proximidade. Foi simulado o desenvolvimento de fogos e identificadas as fragilidades, assim como propostas medidas de proteção de emergência.

Em Portugal, 63% das áreas industriais têm elevado risco de incêndio por estarem localizadas junto à floresta, tendo sido considerados os principais fatores de risco: proximidade das árvores e matos, estruturas em metal, revestimentos dos edifícios inflamáveis, ausência de sistemas de pressurização e de sistemas de deteção e alarme com comunicação remota.

O ISEC divulgou ainda que está disponível para ir às áreas industriais fazer a identificação dos riscos e prescrever as medidas de emergência para os diminuir.

Consulte aqui a lista de zonas industriais