27
Sex., Jan.
3 Artigos Novos

Eventos

campanha “Cidadãos por uma Floresta Ativa em 2023”  convida os cidadãos a fazer o envio de um postal de Boas Festas a António Costa. Disponível no website do projeto ForestWatch, o postal representa um apelo simples ao Primeiro-Ministro para que, em 2023, ajude os pequenos proprietários a gerir a floresta.  

A ZERO e o Centro PINUS pretendem assim sensibilizar a opinião pública para a inadequação dos apoios públicos à pequena propriedade, que persiste no Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC) aprovado em 2022.

O principal desafio para a floresta em 2023 continuará a ser inverter o ciclo de abandono do território do norte e centro do país e fazer a gestão chegar ao terreno. O financiamento público é uma peça-chave neste processo de mudança, dizem. 

O Governo orçamentou para 2023 o Vale Floresta.  A iniciativa será uma oportunidade para testar o potencial de uma medida simples e desburocratizada na mobilização de pequenos proprietários. Com uma dotação de 5 milhões de euros, tem o potencial para incentivar a gestão de mais de 300 000 hectares.

Em Portugal existem 3,3 milhões de hectares classificados como territórios vulneráveis aos incêndios. Desses, cerca de 5% poderão ter investimentos significativos já em 2023, via Plano de Recuperação e Resiliência: as designadas Áreas Integradas de Gestão da Paisagem (AIGP). No entanto, as entidades que irão promover o investimento nesses territórios aguardam que o Governo divulgue orientações indispensáveis. 

Assim, a ZERO e o Centro PINUS pretendem sensibilizar para a importância de monitorizar as políticas previstas e para o poder que uma sociedade informada pode ter sobre a concretização destas. 

Para aderir à campanha basta clicar no link https://forestwatch.pt/envie-um-postal/.