25
Qua., maio
3 Artigos Novos

Biodiversidade

A Nestlé, através da marca NESTUM, volta a oferecer 300 novas colmeias aos apicultores nacionais cujos apiários estejam em regiões afetadas por catástrofes e calamidades, registadas em 2021, como os incêndios florestais.

O concurso, que decorre de 2 a 22 de março e destina-se a apicultores federados, elegíveis para a oferta de 300 núcleos de abelha-rainha, seguindo os critérios definidos pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), a entidade que tutela o sector.

A segunda edição da campanha “Juntos Pelas Abelhas” volta a colaborar com as duas principais federações apícolas nacionais - FNAP (Federação Nacional dos Apicultores de Portugal) e FENAPÍCOLA (Federação Nacional de Cooperativas Apícolas e de Produtores de Mel).

“As abelhas são essenciais para a sobrevivência da Humanidade e do planeta. Sem elas, não teríamos polinização e não haveria, por exemplo, frutos silvestres, abacates, couves, maçãs, amêndoas, laranjas, entre muitos outros alimentos. Por isso, e porque o mel é o ingrediente ‘estrela’ de NESTUM® Mel, não poderíamos deixar de dar continuidade ao caminho que iniciámos em 2021. A campanha “Juntos pelas Abelhas” teve um impacto muito positivo no repovoamento das abelhas. Estamos confiantes de que este ano a campanha voltará a ser um sucesso e felizes por vir a oferecer, em apenas dois anos, um total de 700 núcleos de abelha-rainha, que se multiplicarão.”, refere Elisa Riboldi, Business Executive Officer Nutrition & Dairy Nestlé Portugal.

“Pese embora o clima propício do nosso país para a prática apícola e a boa dinâmica do nosso setor apícola, existem ameaças à produção apícola, tais como a introdução de novas doenças e novos predadores das abelhas e a ocorrência de catástrofes naturais, como tempestades, incêndios e seca.
É neste contexto que o apoio aos apicultores cujos apiários se encontravam nas regiões afetadas por catástrofes e calamidades em 2021, foi muito importante para que estes possam continuar a sua atividade e contribuir para a sustentabilidade do planeta”,
comenta Susana Guedes Pombo, Diretora-Geral da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária.

Os apicultores selecionados no concurso serão revelados a partir do dia 6 de abril e a entrega dos 300 núcleos vai ser feita pela Nestlé, num prazo médio de seis meses, após a divulgação dos beneficiários pela FENAPÍCOLA e FNAP, e que, de acordo com a indicação da DGAV, foram elegíveis para esta contribuição.

As candidaturas para o concurso de oferta de colmeias a apicultores nacionais devem ser enviadas para:
FENAPÍCOLA: fenapicola@confagri.pt
FNAP: info@fnap.pt