10
Qua., Ago.
7 Artigos Novos

Hortofloricultura

A FLO lançou um serviço de subscrição de ramos de flores frescas, com o objetivo de tornar a casa florida um hábito para os portugueses. De forma complementar, apresenta jarras feitas e pintadas à mão. 



A produção é realizada segundo as técnicas de regeneração do solo e que respeitam o ecossistema local. Todas as flores são oriundas da produção, pequena e própria, no terreno da marca em Mafra e são escolhidas pela sazonalidade, sendo que as flores são escolhidas, colhidas e arranjadas em ramo por Madalena, uma das fundadoras.

As flores crescem ao ar livre, sem recurso a estufas, numa produção biológica, em que é feita a recolha de sementes para o ano seguinte e onde só crescem flores da época e campestres. Semeadas no início do ano, as primeiras flores nascem em junho e terminam o seu ciclo natural no final de outubro, pelo que a produção é limitada e exclusiva. Todos os artigos são entregues em embalagens recicláveis e produtos biodegradáveis.

 
Há três tamanhos disponíveis – pequeno (20 pés por 25€), médio (30 pés por 35€) e grande (50 pés por 50€). É possível adquirir através de subscrição no site e as entregas ficam agendadas automaticamente:
 
Subscrição semanal durante 1 mês – 4 ramos
Subscrição quinzenal durante 1 mês – 2 ramos
 
Quem optar por encomendas isoladas pode realizá-las até às 12h de cada quarta-feira para ser levantada na quinta-feira, num dos pontos de recolha em Lisboa, Cascais, São Pedro do Estoril e Mafra. Se a encomenda for feita depois dessa hora, a entrega é feita na quinta-feira seguinte.
 
Devido ao respeito pela sazonalidade das espécies produzidas, as flores frescas apenas estão disponíveis até final de outubro. 
 
As jarras são produzidas por um oleiro na região de Mafra e pintadas à mão pela Madalena existem em diferentes tamanhos, formatos e cores. 

A FLO foi formada por Duarte Pires e Madalena Vilela Pereira. A Madalena formou-se em Engenharia Civil, trabalhou num Fundo de Investimento, mas foi no meio da natureza que encontrou a sua paixão e futuro. Duarte tem mais de 15 anos de experiência a trabalhar na produção biológica de alimentos na Quinta do Arneiro.

A empresa familiar portuguesa nasceu em 2020 com o objetivo de tornar as casas floridas um hábito dos portugueses. Começou com a produção de ornamentos decorativos à base de flores secas e ganhou muita expressão através do bestseller Flower Showcase e do kit de Coroas de Natal. Em 2021 apostaram na produção própria de flores frescas e sazonais no pequeno terreno em Mafra, através de técnicas sustentáveis e que respeitam o ecossistema local. Desenvolveram também workshops para empresas e grupos. Neste momento, alargaram a oferta de produtos e serviços com a introdução da subscrição de ramos de flores frescas e jarras.